A praça Tejo, em frente à entrada principal do Aeroporto Carlos Prates, no bairro Padre Eustáquio, está ficando mais bonita e poderá ganhar uma quadra de peteca. Os bancos de cimento e as bases dos aparelhos da academia a céu aberto receberam camada de tinta marrom. Já o meio-fio, branca.

Unidos pela praça. Crédito: Rogério Andrade / divulgação

Em breve, os buracos no piso serão tampados. E a rampa que ajuda pessoas com mobilidade reduzida será melhorada. A nova roupagem se deve a uma iniciativa dos Peladeiros Amigos do Padre Eustáquio, mais conhecidos pela sigla Pape, em conjunto com o bloco carnavalesco Vou Ali e Volto e com a turma dos ciclistas do Putz.

“O Pape surgiu há 20 anos. A gente jogava bola e, após as partidas, vínhamos comer joelho de porco com arroz e feijão no bar do Zé, que ficava ali”, aponta Rogério Andrade, um dos integrantes da turma.

O tempo passou e o Pape cresceu: chegaram novas pessoas e, claro, os familiares dos peladeiros, como esposas e filhos.

Nos últimos dias, adultos e crianças foram à praça, manejaram a tinta e sorriram ao ver como o lugar começou a ficar mais bonito. Em breve, a Tejo poderá ganhar uma quadra de peteca, estratégia para reunir ainda mais moradores e visitantes.

O assunto será discutido entre integrantes do Pape, Putz e Vou Ali e Volto e, em seguida, será debatido com moradores e visitantes. “Queremos ouvir a opinião da comunidade”, disse Rogério. (reportagem continua após a imagem)

Rogério e os amigos têm carinho especial pela praça. Crédito: Rogério Andrade / divulgação

 

No próximo 22 de abril, o grupo irá se reunir na praça, a partir das 9h. Eles esperam pela comunidade para divertido bate-papo e, claro, novas conversas sobre como melhorar a Tejo.

Você poderá gostar de ler também:

Putz, a galera do pedal

Conheça o Bloco Vou Ali e Volto



Comentários

comentários