Padre Eustáquio,

    

Clis em abril: “A menina e o sabiá”

A nona edição do Clube do Livro Infantil Solidário (CLIS), projeto social da Páginas Editora, dirigida pela jornalista e escritora Leida Reis, será realizado no próximo dia 24 de abril, terça-feira, no Instituto Abrigo Jesus, no bairro Padre Eustáquio. A obra escolhida para contação de histórias é da filósofa e psicanalista Beth Timponi, O Sabiá e a Menina, da editora Crivinho, com ilustrações de Maurizio Manzo, a história de Ditinha e o Sabiá fomenta reflexões sobre os processos de escolha, liberdade e natureza.

Com o intuito de proporcionar às crianças de baixa renda um momento de experimentação com a literatura de forma divertida e atraente, o CLIS oferece uma vez ao mês uma roda de contação de história com um autor convidado. Em abril, além da autora Beth Timponi, que fará a entrega e autógrafo do seu livro paras as crianças, a escritora Vanessa Correa, autora de “Bilô Desembolô”, será a responsável pela contação. Os alunos receberão um lanche especial, além de sorteio de outros títulos, recebidos do prêmio Leitura do Bem.

 

SOBRE O CLIS – CLUBE DO LIVRO INFANTIL SOLIDÁRIO

Realizado em creches e abrigos, as ações são possíveis devido à contribuição de padrinhos, que acreditam na literatura como um forte instrumento na busca por uma sociedade menos desigual, mais tolerante e diversificada culturalmente. As ações são totalmente gratuitas às crianças e para que sejam viabilizadas é imprescindível que novos apoiadores adiram ao Clube.

Com o intuito de promover a transformação social, o projeto visa fomentar, por meio de atividades literárias com crianças e adolescentes, o gosto pela leitura. Mensalmente um autor é escolhido para a contação de histórias. As crianças recebem um livro, um lanche especialmente preparado e um brinde, sempre um material escolar. Os contadores são, preferencialmente, os autores das obras.

 

COMO SER PADRINHO DO CLIS

Para ser padrinho, basta acessar o site do CLIS e escolher uma das modalidades de apadrinhamento: assinante solidário (R$45/mês), assinante anjo (R$ 90/mês). Empresas que desejarem sua marca associada ao projeto, também podem aderir ao apadrinhamento com em três modalidades: empresa parceira (com três funcionários assinantes), empresa ouro (R$ 250/mês) e empresa diamante (500/mês). A Páginas Editora garante uma série de contrapartidas aos padrinhos, entre elas, divulgação no site do projeto, redes sociais e mala direta para apoiadores.

Para a idealizadora do projeto, Leida Reis, os livros permitem às crianças criarem seus próprios mundos e ampliarem sua capacidade crítica. “A literatura dá as meninas e meninos a chance de enxergar melhor o mundo, de pensar, se divertir, duvidar, sonhar, criar e viver melhor”, comenta a escritora que lançará seu primeiro livro para crianças em junho: “As árvores invisíveis”.

 

SOBRE A PÁGINAS EDITORA:

Com pouco mais de um ano de funcionamento, a Páginas Editora, lançou no mercado editorial 15 obras. Além da revisão e produção do projeto gráfico, a editora também se dedica aos serviços de lançamento dos livros, que envolvem a assessoria de imprensa e agenciamento literário. A empresa promove ainda importantes trabalhos na área social com os projetos CLIS (Clube do Livro infantil Solidário) e a Mercearioteca, que incentiva a troca e empréstimos de títulos literários em espaços não convencionais, como em mercearias, bares e autoescolas.

CLUBE DO LIVRO INFANTIL SOLIDÁRIO

Onde: Instituto Abrigo Jesus, 959 – Padre Eustáquio.

Quando: 24 de abril, às 14h

Autora convidada: Beth Timponi

Contação da história: Vanessa Corrêa, escritora e contadora de histórias
Mais informações: www.clis.com.br | leida@paginaseditora.com.br



Comentários

comentários