Famoso pela variedade de espetinhos, o Churrasquinho do Reginaldo também conquista clientes por causa dos caldos, como o angu a baiana acompanhado com suã e servido nas noites de quartas-feiras (a reportagem continua abaixo da foto).

Lassance era pequena para o talento de Reginaldo. Foto: Paulo Henrique Lobato

 

“É uma ótima pedida, sobretudo, nesta época de frio”, sugere Reginaldo, natural de Lassance. A pequena cidade do Norte de Minas Gerais é realmente pequena para o tamanho do talento do comerciante, que cativou o paladar dos moradores de Belo Horizonte e tornou o estabelecimento referência na região.

Ele abriu o comércio há duas décadas e, há cinco anos, serve caldos. De lá para cá, a iguaria e o bom atendimento atraem cada vez mais clientela, como o irlandês Ewan.

O europeu chegou ao Brasil em 2013 e se rendeu à cerveja gelada e aos tira-gostos preparados no churrasquinho: “A carne é fantástica”.

“Os pasteis de queijo e bacalhau também”, acrescentou o engenheiro de telecomunicações Vinícius Pinheiro, de Francisco Badaró, no Norte de Minas.

“É um lugar onde as pessoas se sentem bem. Eu, por exemplo, saio do Caiçara para me divertir no Reginaldo”, disse Walmir Las Casas Braga, um dos clientes mais antigo do Churrasquinho (a reportagem continua abaixo da foto).

Reginaldo e o filho, Vinícius.

 

A boa prosa no lugar é o tempero que acompanha os copos de cerveja, os caldos e as 16 variedades de espetinhos. Que tal dar uma passada lá?

O Churrasquinho do Reginaldo fica na rua Padre Eustáquio, 2649, esquina com a Francisco Bicalho.

Leia também

Anjos protetores no Padre Eustáquio



Comentários

comentários