Padre Eustáquio,

    

Jornal Padre Eustáquio

O jeito Harvard de ser feliz

O jeito Harvard de ser feliz (por Otavio Grossi)

A busca da felicidade é da essência do ser humano e todas as culturas testemunham e elaboram raciocínios sobre ela. Várias definições de felicidade foram dadas. O interessante nos conceitos mais atuais é que existe um caminho, um método para a construção da busca pela felicidade. Algumas definições nos ajudam a traçar uma trilha que pode nos servir como um guia. Continue reading

Você vive no mundo vuca?

Você vive no mundo vuca? (por Otávio Grossi)

 Atualmente, perguntar para alguém se ele está sob pressão, vive ansioso ou sufocado com a vida em sociedade soa como redundância. Pois a resposta afirmativa certamente acontece! Quase somos arrastados por uma visão totalmente negativa da vida e das relações. Então, recomendo que leia, rapidamente, os pontos abaixo e não se desanime. Continue reading

A síndrome do achismo

A síndrome do achismo (por Otávio Grossi)

Na filosofia, a pergunta, a habilidade de questionar os cenários e as circunstancias, torna-se um impulsionador para que ampliemos nossas ideias e conexões.  Aprenda a fazer as perguntas poderosas e positivas. E se? Por quê? Como podemos? Quais as causas? Quais alternativas? Onde procurar?  Quanto mais focarmos nosso pensamento nas hipóteses, mais soluções certamente poderemos encontrar. Continue reading

Padre Eustáquio: 75 anos de saudades!

Lá se vão sete décadas e meia de saudades! Assim como em todo mês de agosto, a fé em Padre Eustáquio (1890-1943) irá atrair uma multidão de romeiros ao Santuário dos Sagrados Corações. Entre eles o responsável pelo processo de canonização do beato no Vaticano, padre David. Continue reading

Moradores planejam revitalizar praça Pisa no Fulô

Um dos cartões-postais do bairro Carlos Prates, a praça Pisa no Fulô clama por socorro: bancos foram quebrados, o jardim não tem mais flores e parte do piso deu lugar a buracos. A boa notícia é que um grupo de moradores da região está disposto a uma força-tarefa para revitalizar o local. Continue reading

O MAIOR PODER DO MUNDO

O MAIOR PODER DO MUNDO – (por Bispo Carlos Damasceno)

Espero que você esteja preparado para receber este poder. O maior poder do mundo é perdoar! Perdoar é a chave para uma vida livre e abundante. Não perdoar é como tomar um copo de veneno e querer que o outro morra. Não perdoar é incoerente, pois todos os dias somos perdoados por Deus. Continue reading

Balaio da Gata: brechó solidário com grifes famosas

Imagine você poder comprar vestidos, blusas, calçados e acessórios de marcas famosas — tanto nacionais quanto internacionais — com preços bem abaixo dos praticados no mercado e aina por cima ajudar um projeto social que dá conforto e carinho a gatos resgatados das ruas. Pois é isso que ocorre no imóvel 567 da rua Jacutinga, no Padre Eustáquio, em frente ao Centro Cultural do bairro (antiga Feira Coberta). Continue reading

Concurso para Bombeiros tem salário de R$ 4 mil

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais oferece 500 vagas em concurso, sendo 465 para soldados e 35 para funções em três áreas específicas: motomecanização, saúde e comunicações. O vencimento inicial do soldado é de R$ 3.506,40. Para as funções específicas, R$ 4.098,42. Continue reading

Feira no Sparta anima Caiçara

Moradores do Caiçara e região ganharam uma nova opção de lazer e compras: uma feira de artesanato e gastronomia no clube Sparta. O evento, que estreou neste sábado (4 de agosto), ocorrerá uma vez por mês, das 9h às 18h. Continue reading

Cutucando as feridas

Cutucando as feridas (por Deise Dias de Souza)

Quando criança ouvimos a mãe dizer “pára de cutucar esse machucado!” Mas não adiantava muito. Continuávamos a mexer nas feridas que apareciam em nosso corpo. Continue reading

Roubos caem no Padreco, mas violência ainda assusta

A base comunitária da Polícia Militar no Padre Eustáquio irá comemorar o primeiro aniversário com boas notícias: redução de 45,8% nas ocorrências de roubos e recuo de 10,2% nas de furtos. Os percentuais levam em conta o confronto entre janeiro e junho de 2018 e igual período de 2017. Continue reading

Buddys, brincadeira que dá dinheiro

O pequeno Célio Fantini Neto, de 9 anos, não esconde o sorriso quando chega na Buddys do bairro Coração Eucarístico. É lá que ele aprende a linguagem do futuro com temperos da ciência da computação e da educação financeira de forma tão divertida quanto jogar minecraft.

Continue reading

Presidente da UNE foi escolhido em porão de igreja do Carlos Prates (BH)

Nestes tempos em que a crise se agrava surgem, cada dia mais, defensores da volta dos militares ao poder. O regime militar foi instituído no Brasil em 9 de abril de 1964 e perdurou por 21 anos. Continue reading

Toninho, você faz falta

Falta alguém especial na porta do colégio Padre Eustáquio há um ano. Foi em 30 de julho de 2017 que um ataque fulminante levou um senhor boa-praça que ganhou a vida naquele ponto por três décadas. Estourava e temperava grãos de milho como poucos. E esbanjava simpatia. Continue reading

Santos Dumont, conjunto de bons exemplos

É com satisfação que o administrador de empresas Euler Vignoli mostra o viveiro e a horta comunitária no conjunto Santos Dumont, com 786 apartamentos distribuídos em 45 prédios. Neles, quase 4 mil pessoas, o que corresponde a cerca de 10% dos moradores do Padre Eustáquio. Continue reading

Da série “Eu amo o Padreco”: dona Isabel, colecionadora de histórias

Vaidosa e fã de boa prosa, dona Isabel Brígida Diniz Moreira coleciona mais que sorrisos e amizades. Guarda consigo histórias que aguçam saudades em muitos moradores antigos do Padre Eustáquio. E curiosidades nos mais novos.

 

Continue reading

Saborosa história da pizzaria Nino

Era julho de 1987 quando os primos Marcelo e Cléber, que ganhavam a vida como balconistas no depósito Malta, decidiram atravessar a praça Geraldo Torres para comprar a Nino, então uma pequena pizzaria inaugurada em agosto de 1982 e que estava fechada havia uma semana. Começava ali uma saborosa história de sucesso no Padre Eustáquio.

Continue reading

Sobre a ansiedade

A ansiedade está sendo considerada por muitos o mal do século. Num contexto popular, é vista quando estamos passando por um momento de pressão ou apreensivo com alguma situação, mas a ansiedade é muito mais abrangente. Continue reading

Luto e perda

O luto está ligado à todas as perdas, não só à morte física. Lidar com perdas pode provocar dor intensa e um vazio profundo. Ao passar por isso, é importante viver cada fase do luto. Continue reading

Palhaço, arlequim ou índio?

Difícil passar no cruzamento da Rio Pomba com a Perdizes e não se encantar com o grafite de um garoto com os olhos fechados. O Jornal do Padre Eustáquio foi atrás da história da imagem que deixa muita gente em dúvida. Trata-se de um palhaço, arlequim ou índio? Continue reading

Fim do transtorno

Enfim uma demanda antiga de muitas famílias do Padre Eustáquio será atendida. Trata-se da revogação de uma regulamentação criada há mais de 30 anos para beneficiar a cidade, mas que, na prática, só causou dor de cabeça a cerca de três mil famílias do terceiro bairro mais populoso de BH. Continue reading

Fabuloso: o Padre Eustáquio visto do alto

A paixão de Petter Nascimento Guerra, de 30 anos, é um presente para todos os moradores do Padre Eustáquio. O fotógrafo e estudante do 8º período de engenharia civil é apaixonado por drones e registra imagens aéreas do terceiro bairro mais populoso de Belo Horizonte, com cerca de 30 mil habitantes. Continue reading

Você Sabia?

Você Sabia?

(por Izabelle Leão e Débora Chacon) —

Ante a atual crise-econômica vivenciada pelo Brasil, a oferta e a procura por concessão de crédito vêm sendo um serviço atrativo tanto para instituições financeiras como para os consumidores.Quem nunca se deparou com a oferta de crédito facilitado? Continue reading

Vem aí o 7º Arraiá Ponto de Prosa

Vai ter festança pra lá de boa na tarde do próximo domingo (01/07) no bairro Padre Eustáquio. O 7º Arraiá Ponto de Prosa terá novidades de tirar o chapéu de palha e ao mesmo tempo esquentar os tamborins para o carnaval de 2019. Isso porque o já tradicional evento de São João contará com apresentação do Bloco do Padreco. Continue reading

São João de tirar o chapéu

Quem não foi perdeu… A segunda edição do Arraiá Trem Bão do Padreco, no sábado (23), não só atraiu uma multidão como confirmou a festa junina organizada pela Trem Bão Pãodequeijaria no seleto circuito dos grandes eventos do Padre Eustáquio e região. Continue reading

Novidades no Padreco: Corujando Kids

A turminha de 5 a 12 anos está convidada a participar do Corujando Kids, um braço do projeto Corujando por Aí, criado por Kátia Boroni, moradora do bairro Padre Eustáquio, para divulgar a importância das aves de rapina e ao mesmo tempo conscientizar a população a valorizara mais o meio ambiente. Continue reading

Uma mulher não pode vacilar (por Deise Dias de Souza)

Era um fim de tarde e ela mais uma vez voltava do trabalho angustiada. De que me serve essa relação? Se lembra da fala da analista: “Pra que você precisa desse homem nesse momento de vida?” Perguntas sem respostas. Continue reading

Poeta Rogério Salgado lança “Naqueles tempos da Arte Quintal”

Morador do Padre Eustáquio (BH), o poeta contemporâneo Rogério Salgado lançará “Naqueles tempos da Arte Quintal” (co-edição RS Edições e Baroni Edições), livro que conta a história de uma das mais importantes revistas culturais que circulou no país nas décadas de 1980 e 1990. A noite de autógrafos será em 21 de agosto, às 19h, no Farroupilha Grill (avenida Olegário Maciel, 1801, Lourdes). Continue reading

Tire o chapéu para Bráulio Braga

Quando cruzar o caminho de Bráulio Braga, tire o chapéu para o paisagista . Ele passou parte da manhã e da tarde desta quinta-feira (14) colorindo com tintas amarela e azul o piso da praça Geraldo Torres, no coração do bairro Padre Eustáquio. Continue reading

Histórias de vida e gostosura na Domino’s

Quando a empresária Jéssica Diniz recebeu o convite para abrir uma franquia da Domino’s no Padre Eustáquio, ela logo aceitou o desafio. Sorte dos moradores do bairro e região, pois a marca, fundada nos Estados Unidos em 1960, é a maior rede de pizzaria delivery do planeta (a reportagem continua após a imagem). Continue reading

De geração em geração

Não há como contar a história do bairro Padre Eustáquio sem recordar a de Francisco Leite, um empreendedor que, em plena 2ª Guerra Mundial (1939-1945), começou a construir a padaria que se tornaria referência para diferentes gerações de moradores da região.
Continue reading

Animale Estofados, bom gosto sob medida

Cansado de percorrer lojas atrás do sofá ideal? Não são raros os casos em que o modelo preferido não é adequado para o espaço disponível. Na Animale Estofados, isso nunca acontece. Há pouco mais de um ano no mercado, a loja tem atendimento diferenciado aliado a produtos de qualidade e a preço acessível. E o melhor: produção sob medida. Continue reading

Rodízio de caldos no Patota

Você pode descer ou subir a rua Progresso, mas pare em frente ao número 181. É lá que fica o tradicional bar e restaurante Patota, onde há um imperdível rodízio de caldos às quintas e sextas-feiras. Continue reading

Churrasquinho do Reginaldo, sabor e boa prosa

Famoso pela variedade de espetinhos, o Churrasquinho do Reginaldo também conquista clientes por causa dos caldos, como o angu a baiana acompanhado com suã e servido nas noites de quartas-feiras (a reportagem continua abaixo da foto). Continue reading

De dar água na boca

O vaivém de clientes na padaria Padre Eustáquio, a mais antiga do bairro, inaugurada em 1946, é sinônimo de que os produtos são de dar água na boca. Na temporada de frio, cinco tipos de caldos ganham mais importância no estabelecimento que homenageia a memória do beato holandês (a reportagem continua abaixo da foto).

Continue reading

Arena Caiçara, lugar de todas as torcidas

Americanos, atleticanos, cruzeirenses e torcedores de outros clubes. Não importa o time do seu coração: a Arena Caiçara é o ponto de encontro de boleiros adultos e de crianças e adolescentes que adoram o esporte mais popular do planeta. Tanto que é referência Belo Horizonte. Continue reading

Aluga-se barracão no Carlos Prates

Aluga-se barracão no Carlos Prates. Totalmente independente: 1 quarto, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e quintal. Tratar: 2555-9992. VEJA FOTOS Continue reading

Praça será tema de exposição

A praça Geraldo Torres será tema de uma exposição fotográfica, em 16 de junho, no próprio cartão-postal do bairro Padre Eustáquio. Continue reading

Padreco contra a corrupção

Eles eram poucos, mas representaram milhares… Um grupo de moradores do Padre Eustáquio fez questão de ir domingo (27) à praça Geraldo Torres, cartão-postal do bairro, manifestar apoio ao movimento nacional dos caminhoneiros (autônomos ou não), iniciado na semana passada e que ganhou respaldo da maioria da população brasileira. Continue reading

Veja em que postos a gasolina chegará primeiro

Confira a lista dos 32 postos que irão receber combustíveis entre a tarde desta segunda-feira e a manhã de terça-feira em Belo Horizonte e Contagem. Mas atenção: o limite máximo será de R$ 100 por veículo e o uso de galões foi proibido. As medidas foram adotadas pelo Comitê de Crise criado na semana passada pelo governo do Estado. Continue reading

Moradores do Padre Eustáquio em apoio aos caminhoneiros

Mães do bairro Padre Eustáquio convidam a todos para uma manifestação, às 15h deste domingo (27), na praça Geraldo Torres, a pracinha do Nino, em apoio à paralisação dos caminhoneiros. Continue reading

BH já teve Grand Prix de Automobilismo

Você sabia que Belo Horizonte já teve um Grand Prix de Automobilismo?

Pois é. Quem se lembra? Com certeza, poucos. Porque ocorreu em 14 de agosto de 1949. Foi no entorno da lagoa da Pampulha. Continue reading

Espettos, diversão garantida

O comerciante Thiago Vidotti reuniu amigos e familiares para comemorar o aniversário de 29 anos no Espettos, que reabriu as portas em 6 de abril passado sob nova direção e com novidades e promoções de – literalmente – dar água na boca. Continue reading

A história de Madalena Longo

Um dia você já precisou de mim, de minha força, de meus braços, lembra-se? Faz tanto tempo… Você dava seus primeiro passinhos, mãos para o alto em minha direção, tendo certeza que era ali no abraço dos meus braços que encontraria apoio e perderia o medo de cair.

Continue reading

Plaquinhas que salvam vidas

A professora Sabrina da Silva Moreira tem um coração desse tamanhão. Ela não mede esforços para ajudar animais em situação de rua. Moradora do Padre Eustáquio, é a criadora do projeto Plaquinhas Já. Continue reading

Eu…mãe!

Eu mãe! (por Sílvia Prata)

Sílvia Prata Moreira é graduada em artes plásticas, com mestrado em novas tecnologias. Professora de dança em projeto social para a terceira idade

 

Eu…mãe!

Um envelope na mão, lacrado, e tantos pensamentos de tantas histórias, contadas pelos outros e ainda não vivida por mim. Um envelope de respostas ou seria de perguntas? Continue reading

O coração azul de Lua­na

­

A paixão pelo Cruzeir­o é tão grande que n­ão existe nada que po­ssa explicar. Para ­a cruzeirense Luana M­achado, que moradora de B­etim, não é diferente­. Continue reading

Bairro Carlos Prates na rota da misteriosa quantia de R$ 1,2 milhão

O bairro Carlos Prates está na rota da misteriosa história envolvendo uma mala com R$ 1,2 milhão apreendida na primeira sexta-feira (4) de maio pela Polícia Rodoviária Federal na BR-040, em Sete Lagoas, região Central de Minas Gerais. O valor estava numa Hilux guiada por um policial civil aposentado em Brasília. Ele viajava acompanhado de um empresário de Goiás com envolvimento no jogo de bicho. Continue reading

Grana extra para uns; economia para outros: aluguel de cartão de sócio torcedor

Uma boa ideia sai do papel para proporcionar ganhos tanto aos atleticanos e cruzeirenses (e fanáticos por outros times) que desejam ir aos jogos do clube do coração mas que não têm o cartão de sócio torcedor quanto àqueles que já aderiram ao programa e que desejam alugar o tíquete em jogos que não podem ir ao estádio. Desta forma todos ganham. Continue reading

Clis em abril: “A menina e o sabiá”

A nona edição do Clube do Livro Infantil Solidário (CLIS), projeto social da Páginas Editora, dirigida pela jornalista e escritora Leida Reis, será realizado no próximo dia 24 de abril, terça-feira, no Instituto Abrigo Jesus, no bairro Padre Eustáquio. A obra escolhida para contação de histórias é da filósofa e psicanalista Beth Timponi, O Sabiá e a Menina, da editora Crivinho, com ilustrações de Maurizio Manzo, a história de Ditinha e o Sabiá fomenta reflexões sobre os processos de escolha, liberdade e natureza. Continue reading

Praça poderá ter quadra de peteca

A praça Tejo, em frente à entrada principal do Aeroporto Carlos Prates, no bairro Padre Eustáquio, está ficando mais bonita e poderá ganhar uma quadra de peteca. Os bancos de cimento e as bases dos aparelhos da academia a céu aberto receberam camada de tinta marrom. Já o meio-fio, branca. Continue reading

Curso para lojistas do Padre Eustáquio e região venderem mais

Mais de 50 milhões de brasileiros são usuários ativos mensais do Instagram, a rede social que já se consolidou como um importante canal para empresas divulgarem a marca e fomentarem as vendas. Para você se ter uma ideia, a rede reúne mais de 15 milhões de perfis comerciais. Sua empresa faz parte deste universo? Se você está de fora do Instagram, certamente perde dinheiro.

Continue reading

Por que fazer terapia?

Por que fazer terapia?

(por Cláudia Maria dos Santos Goulart, psicóloga clínica) – 

 

Estudos recentes apontam que mais de 25% dos adultos sofrem de ansiedade, estresse, depressão e outros transtornos, sobretudo em períodos difíceis de suas vidas, marcados por luto, perdas afetivas e incertezas no ambiente de trabalho ou estudo. Continue reading

Se vivo fosse, o que Carlos Prates acharia do bairro que o homenageia?

Se vivo fosse, o que Carlos Prates acharia do bairro que o homenageia?

 (por José Lúcio Bonani) –

O engenheiro Carlos Prates, formado pela Escola de Minas de Ouro Preto em 1890, era o diretor da Repartição de Terras e Colonização, órgão submetido à Secretaria da Agricultura, Comércio e Obras Públicas, que tinha objetivo de concentrar esforços no desenvolvimento e diversificação da produção agrícola da então nova capital. Continue reading

Bem vindo, asfalto!

Seis meses depois de a Prefeitura de Belo Horizonte assinar contrato com a Caixa Econômica Federal para o empréstimo de R$ 40 milhões destinados ao recapeamento de ruas, enfim a Rio Pomba começou a receber nova camada de asfalto.

Continue reading

Praça Geraldo Torres em boas mãos

Os moradores do Padre Eustáquio não poderiam ter presente melhor neste 21 de março, quando se comemora o Dia Internacional das Árvores. A manutenção da praça Geraldo Torres, cartão-postal do bairro, foi oficialmente assumida pelo paisagista e professor Bráulio Braga por meio do programa Adote o Verde, da Prefeitura de Belo Horizonte. Continue reading

Eu perco o sono e choro, sei que quase desespero, mas não sei o porquê

Eu perco o sono e choro, sei que quase desespero, mas não sei o porquê (por Bruno Mendes ) –

Procurar um processo terapêutico, seja de orientação psicanalítica ou não, não se trata de tarefa fácil. Depois de repetir as mesmas tentativas esperando resultados diferentes, exaustos(as) por não obterem resultados diferentes com as mesmas tentativas, pessoas as vezes buscam apoio em pessoas com as quais não terão as famosas conversas de botequim, onde passar a mão na cabeça, se emocionar junto e acreditar em soluções fantasticamente fáceis para não terem que encarar a dificuldade de se deparar com imprevistos roubam a cena e não deixam que cada um protagonize sua história. Continue reading

Dizer não é dizer sim: arriscar o que é bom pra mim

Dizer não é dizer sim: arriscar o que é bom pra mim (por Bruno Mendes)

Somos atravessados por falas e atitudes de terceiros, com impactos garantidos em nossas vidas desde a mais tenra idade. Aprendemos que obedecer, não questionar, seguir a risca ordens dos mais velhos, dos hierarquica, financeira ou socialmente “superiores” é a estrada mágica para se dar bem na vida. Continue reading

Uma esquina triste

O triste arlequim desenhado num dos muros da Rio Pomba com a Perdizes não tem mesmo motivos para sorrir. Pintado com os olhos fechados, numa linda imagem que se destaca entre os imóveis do Padre Eustáquio, o personagem é testemunha dos sucessivos acidentes de trânsito na esquina. Moradores a consideram a mais perigosa do bairro. Continue reading

Esquinas

Eduardo Machado foi meu professor de educação religiosa, lá no colégio do Padre Candinho. Colégio Paroquial Nossa Senhora da Conceição. Década de 70. Tanta coisa aprendi com o Eduardo. Aquela voz calma e serena. Sempre tinha uma coisa bacana pra dizer. Entrei nesta época pro grupo de jovens da paróquia e ele era o dirigente. Seguimos muitos anos juntos. Muito bom agora trazer uma de suas muitas histórias contadas por aí.
Venha se encantar… Eduardo Machado hoje vai contar sobre Brasília. (Sílvia Prata)

Continue reading

Para além dos contornos

Rubens é meu amigo do Facebook. Nem conhecemos pessoalmente, mas sei que é muito bom tudo que ele escreve. Todo dia ele deixa um recadinho lá e todo dia eu me encanto. Aquela coisa boa de ler e pensar, repensar e pensar de novo. Rubens é poeta. Coisa boa ter amigo poeta neste mundo tão carente de afeto. Venha se encantar…Rubens Guimarães vai falar de Belo Horizonte! (Sílvia Prata)

Continue reading

Sukão, quase meio século de tradição

Donos de sorrisos que dão gosto ver, Priscila Rezende e Henrique Silva atravessam a rua Padre Eustáquio com frequência para se refrescarem do calor no Sukão, tradicional estabelecimento do bairro, fundado em 1972 em frente a um dos cartões-postais da região, o conjunto de palmeiras imperiais na esquina com a Costa Sena. Continue reading

Imposto de Renda, hora de cuidar do seu bolso

Aberta a temporada 2018 de declaração do Imposto de Renda para quem recebeu em 2017 rendimentos tributáveis mensais acima de R$ 1.903,98. O prazo vai até 30 de abril, mas o ideal é que o contribuinte a faça o mais cedo possível para não perder dinheiro nem correr risco de cair na malha fina. Continue reading

Qual a sua opinião?

O Grupo de Moradores e Amigos do Carlos Prates encaminhará nos próximos dias à Prefeitura de Belo Horizonte um pedido formal para que a administração municipal analise a viabilidade de o primeiro quarteirão da rua Teófilo Otoni (entre Sabinópolis e Espinosa) ser fechada ao trânsito diário de veículos. Continue reading

Garota das corujas

Moradora do Padreco, Kátia Boroni tem um convite para você: conhecer o Corujando por aí, projeto de educação ambiental criado por ela para divulgar a importância das aves de rapina e desmistificar lendas de que estes animais portam mau agouro. Continue reading

Sabor e prosa na Quitandinha!!!

Karla Brandão não é dona apenas de um sorriso que esbanja simpatia e de prosa agradável, daquelas que não dá vontade de acabar. Ela também é a responsável pela saborosa culinária e a decoração da Quitandinha Padre Eustáquio, inaugurada em 2017 e com várias novidades previstas para 2018. Continue reading

Bem vinda, Gabriella Dias!!!

Após seis anos como diretora numa multinacional de cosméticos em Goiânia, Gabriella Dias retorna a BH: “E como é bom voltar especificamente para o Padre Eustáquio, onde parte desta história teve início”. Lá se vão mais de 20 anos de experiência e vitórias. Continue reading

Brincadeira que deu certo e ganhou nome: HL Studiohair

O que começou com uma brincadeira se transformou numa empresa que é referência no ramo da beleza no Padre Eustáquio. “Eu trabalhava numa financeira e comecei a brincar de cortar os cabelos de primos e primas lá em casa. Quando dei por mim, muitas pessoas estavam me procurando. Daí montei um salão em casa mesmo e deixei a financeira”, contou Hugo Leonardo de Souza, dono do HL Studiohair. Continue reading

Síndico profissional: salário de R$ 3 mil a R$ 5 mil

Síndico profissional: salário de R$ 3 mil a R$ 5 mil (por Leonardo Bento) –

Viver em sociedade não é tarefa fácil; afinal, cada um tem particularidades que nem sempre agradam a todos. Imagine, então, o dia a dia num condomínio. Há muitos pontos positivos, não é mesmo? Também há os negativos, que sobram para o síndico. (Texto continua após a foto). Continue reading

Espelho, espelho meu, o que me diz

Todos conhecemos a história da Cinderela, onde o espelho encantado responde repetidas vezes à rainha a respeito da superioridade de sua beleza em todo o reino. (o texto continua após a imagem) Continue reading

Tim tim para nós

O Padre Eustáquio não poderia ficar de fora. E não ficou: está na seleta lista dos 10 bairros de BH com o maior número de bares e similares. Há 130 endereços por essas bandas, conforme mapeamento da Prodabel, empresa municipal de informática e informação. Continue reading

Fight Studio, sua academia de artes marciais e lutas no Padre Eustáquio

O começo de uma bonita história que tem tudo para revelar grandes vencedores. Tanto no esporte quanto na vida. Afinal, dedicação, disciplina e persistência são ingredientes necessários para um roteiro com final feliz. E tudo isso é facilmente percebido na Fight Studio, inaugurada em 2017.

Continue reading

Conhece o projeto Mercearioteca?

Preço não é mais desculpa. Três lojas no Padre Eustáquio oferecem gratuitamente livros para estimular a leitura de adultos, jovens e crianças. A Mercearioteca é uma biblioteca comunitária montada em pequenos comércios e está à procura de mais parceiros. Topa participar? Continue reading

Vamos falar sobre Cidades?

Vamos falar sobre Cidades? Você tem um caso da sua cidade pra contar? Conte pra gente aqui. Mande seu texto para o meu email: silviaprata@gmail.com. Vamos nos encantar com a sua história.

Esse texto é sobre minha passagem por São Paulo no tempo do mestrado. É do primeiro dia de aula. Era mês de agosto, um mês apenas da minha separação no casamento. Tudo era muito novo. Muita coisa mudou em mim e na minha vida.

Esta crônica faz parte da coletânea Cidades. Participei de um concurso internacional de crônicas e fiquei em segundo lugar. Virou livro, “Cidades em prosa e verso”, da Editora Alba. Tudo o que conto aqui aconteceu assim, desta forma.
É o meu jeito floreado de escrever, esse jeito um tanto mineiro, tão detalhista, mas muito real.
Que a minha emoção chegue até vc…

Sílvia Prata Moreira é graduada em artes plásticas, com mestrado em novas tecnologias. Professora de dança em projeto social para a terceira idade

São Paulo, terra da garoa, da história… Da religiosidade…

Da janela do ônibus avisto São Paulo, meu coração sempre bate acelerado nesta hora. Estou chegando. Aquele ar enfumaçado, grandes, enormes prédios, acho linda a São Paulo que vejo.

Desço no Terminal Tietê, entro no metrô, uma sensação indiscutível, meu coração dispara. Gente descendo, subindo, ninguém olha pra ninguém. Cada roupa estranha, cabelos coloridos, piercings, paletó e gravata, malas e malas. Pessoas desconhecidas em vários idiomas e dialetos.

Quanto caminho até ali, Betim, Carmópolis de Minas, Perdões, Varginha, Pouso Alegre, Extrema, Atibaia, entre uma cochilada e outra vou olhando as placas, as pessoas. Meu pensamento ainda viaja vendo passar uma a uma as estações do metrô. Estação Vila Mariana, desço. Pego um ônibus que me levará ao Ipiranga. Ah… essa Ipiranga com São João, “quando passei por ali eu nada entendia, da deselegância discreta de suas meninas”, já dizia Caetano (texto continua depois da imagem).

Avenida Paulista, a mais brasileira das vias. Crédito: José Cordeiro/ SPTuris / Divulgação

Vou observando cada detalhe, nada escapa ao meu olhar. São Paulo tem cheiro de história, história da educação e religiosidade. São tantas escolas e conventos. Venho de Minas, um cheiro diferente, Minas tem cheiro de luta, de arte no barroco de suas igrejas douradas. São Paulo ao mesmo tempo em que se ergue para o céu, numa contemporaneidade esplendorosa, conta uma história de séculos, em cada janela, em cada portão, nos nomes das ruas, dos bairros, nomes das escolas e conventos… irmandades infinitas no meio de toda aquela gente. Pergunto ao trocador onde fica o endereço que procuro e ele me diz pra descer depois do farol, acho graça. Em Minas, a gente diz sinal ou semáforo. Até nossas linguagens se confundem, tantas histórias dentro de um mesmo país. É a nossa pluralidade cultural em cada estado, em cada cidade.

Venho para estudar. Fazer o mestrado. Desço em frente ao convento onde vou dormir. Um grande portão, não tem campanhia, bato palmas, o portão se abre. Subo uma escadaria que dá num grande salão. Uma freira na portaria me atende. Tão nova!, sem querer eu digo, um enorme sorriso no rosto, um semblante calmo, sereno… “Estávamos te esperando”, diz ela, me dando um grande abraço como se fôssemos velhas conhecidas e estivéssemos com saudades. Me entregou umas chaves, dizendo já ter feito a minha cama, apontou um corredor enorme, escuro, e disse: “é por ali, você acha”.

Comecei a caminhar. À medida que andava, as luzes acendiam, mas apagavam quando eu passava dando uma sensação de medo, um silêncio sepulcral. Cheguei a um pátio onde no meio havia uma enorme imagem de Nossa Senhora. Fui caminhando no escuro, não havia nada naqueles grandes corredores, às vezes uma gravura de Nossa Senhora ou um crucifixo.

O barulho que meu sapato e as rodinhas da minha mala faziam no chão de madeira me incomodava. Tirei os sapatos, segurei entre os dedos, com a outra mão peguei a mala, silêncio total. Um lugar sem som, eu acostumada a viver com tantos barulhos em volta, sirenes, freadas, gente falando, resmungando. Era interessante não ouvir nada, só minha respiração ofegante, que eu controlava para que eu mesma não pudesse escutar.

Andava agora só de meias, com sapatos e malas nas mãos, uma cena pra foto, procurando meu quarto pra dormir. Ninguém pra informar. Parecia ora um castelo, ora um sepulcro. Vi uma luz ao longe, pequena, tênue, a curiosidade venceu o medo, fui em direção à luz. Era uma pequena sala, algumas almofadas no chão, um tapete no meio, uma árvore oca com a pequena lâmpada dentro, embaixo em letras delicadas estava escrito: …Estava te esperando… sentei no chão, rezei, pedi pelos meus filhos lá em Belo Horizonte, uma cunhada, pedi também pelo meu coração, tão perdido… chorei… aquela sala me parecia tão aconchegante, penso que tanta gente já rezou ali. Fiquei um tempo, sentindo a presença de Deus no silêncio, uma experiência emocionante, tanto tempo correndo, trabalhando, estudando, filhos pra criar. Chorava de emoção, tanto tempo eu não parava pra ouvir a voz de Deus.

Ao sair da sala, o meu quarto estava ao lado, observei que ele era de uma simplicidade extraordinária, uma cama comum de madeira, já com um travesseiro e um cobertor, tantos anos durmo com edredom, uma pequena mesa, uma cadeira e um armário, uma gravura de Nossa Senhora na parede, bem antiga, meio azulada… só. E meu som, meu abajur, minha TV, meu computador que fica ao lado da minha cama? E o conforto de um banheiro dentro do quarto? O que se fazia ali ao deitar? Acho que só serviria pra ler, pensei. O banheiro ficava ao lado, no corredor, ali também pouca coisa, um vaso sanitário, uma pia, um chuveiro. Um pequeno, pra não dizer minúsculo espelho acima da pia.

Sentei na cama e fiquei olhando lá pra fora, uma São Paulo de luzes que faiscavam no horizonte. Era bonito ver a noite acontecendo. Estava frio e uma chuva fininha tornava ainda mais belo aquele espetáculo.

Tomei banho e fui para o quarto, peguei um livro pra ler. Uma sirene soou, levei um susto. Uma voz de alto falante, vinda não sei de onde abençoava, pedia pra apagar as luzes e desejava boa noite. Pronto, eu não iria mais ler. O que eu faria? No escuro daquele quarto, ainda sem sono, pensava, acho que é de propósito, pra você pensar na vida, no dia, reorganizar a cabeça, como diz um amigo.

Nem vi quando dormi, acordei com uma fresta de luz sobre o travesseiro, seria também proposital a cama naquele lugar? Ouvia o canto do Bem-te-vi, vários deles, lembrei de outro Bem-te-vi que um dia ouvira também cantar, debrucei na janela e fiquei observando, encantada, contemplando aquela cena bucólica, um pátio enorme, árvores, muitos pássaros. Fiquei com vontade de ir lá naquela salinha pra rezar, agradecer pela noite, pela vida. Rezei e chorei de novo.

Outra vez a sirene desejando bom dia. Arrumei depressa, pois teria aulas durante todo o dia. Consegui achar mais fácil a saída, tudo ali parecia ser milimetricamente pensado, propositalmente.

Encontrei de novo a freira na portaria com aquele largo sorriso e um bom dia. Despedi rapidamente.

Desci as escadas e passei pelo portão, dei uma olhadinha pra trás pra ouvir mais um pouquinho o Bem-te-vi cantar…

********************************

Agenda de Fevereiro:

 

Dia 20/02 – Retorno das aulas Grupo Gente Feliz – Salão da igreja São Luiz Gonzaga (atrás da feira coberta) – BH

silviaprata@gmail.com

https://www.facebook.com/silvia.prata.58

https://www.facebook.com/encantartblog/

Conversa com Sílvia Prata

Whatsapp: 31-99198-5785

E a saudade, como fica?

E a saudade, como fica?

(por Viviane Meyerewicz)

Você já pensou como seria morar fora do seu país de origem?

Muitas pessoas se aventuram nesta mudança. Algumas para se aprimorar. Outras para estudar. Tem quem queira trabalhar e ganhar dinheiro ou até mesmo porque conheceu uma pessoa especial e decidiu se casar. Uma coisa é certa: os motivos para uma mudança são variados. Continue reading

Os fantasmas da nova capital

Vários fantasmas assombraram Belo Horizonte desde sua inauguração, em 12 de dezembro de 1897. A pesquisadora Heloísa Starling, da UFMG, alerta que para entendermos estes fantasmas devemos antes conhecer o contexto da construção da capital, que, oficialmente, teve o nome de Cidade de Minas até 1901. Continue reading

Mais de 1.000 acidentes no Padreco. Até quando?

“Um ônibus avançou o semáforo na Padre Eustáquio, bateu no carro que descia a Vila Rica e o empurrou contra o poste. Um barulho alto. A senhora que estava no automóvel, infelizmente, morreu”, recorda João Paulo Ribas, dono da banca de revistas numa das esquinas do perigoso cruzamento. Continue reading

Lugar de gente feliz

 Esbanjando alegria, dona Heloísa, de 72 anos, chegou toda sorridente ao salão da paróquia São Luiz Gonzaga, no bairro Minas Brasil. Minutos depois, transpirando felicidade, chegou seu José Isaías, de 65 anos. Era dia de dança cigana para dezenas de mulheres e homens da terceira idade.

Continue reading

Amor que não cabe no coração

Amor que não cabe no coração. Um grupo de moradores do Caiçara não mede esforços para proteger animais que peregrinam pelo bairro. A recepcionista Gilvana Almeida, de 40 anos, a cantora Lucinéia Toledo, de 50, e a vendedora de produtos de beleza Thelma Vieites, de 66, são exemplos de como o ser humano deve ajudar animais indefesos. As três e outros amigos cuidam de 18 gatos de rua que vivem na ladeira da Heroína Maria Quitéria. Continue reading

Sossego no coração do Carlos Prates

Já imaginou morar num lugar silencioso, tranquilo, como se fosse uma cidadezinha dos rincões de Minas, mas ao mesmo tempo próximo a todo tipo de comércio e em plena barulhenta metrópole? O que é um sonho distante para muita gente é a realidade dos poucos moradores da vila Panicali, no coração do bairro Carlos Prates, região noroeste de Belo Horizonte. Continue reading

Como nasceram… (Usual)

Não é por acaso a imagem de Padre Eustáquio sobre o balcão da Usual, representante da Hering aberta em 2017 pelo casal de professores Carlos Eduardo e Cristiane. Por pouco o comércio deles não surgiu em outro bairro… Lá no Cidade Nova. O casal já havia até escolhido o ponto. Continue reading

Como nasceram… (Pedrinho Baby Kids)

O sotaque revela: Luiz Mauro é paulista. Bastam dois minutos de conversa para saber que se trata de um camarada boa prosa. Natural de Guarulhos, formou-se tecnólogo e, feito passarinho, voou todo o Brasil: “Trabalhei em obras por todo o país”. Continue reading

Lição de vida e de alegria

Um cantinho para desejar coisas boas às pessoas, parabenizar os aniversariantes, demonstrar o amor pela família, discutir assuntos de interesse público e apresentar as notícias locais – algumas vezes, até nacionais!!! Aos 20 anos, o estudante Lucas Ribeiro Moreira dá uma lição diária de vida aos mais de 1,7 mil amigos que possui em sua página no Facebook. Continue reading

Por mais arte e menos pichações

O que era feio deu lugar a arte. Graças a um artista que usa o talento para transformar muros de casas e comércios numa espécie de imensas telas grafitadas. Alguns dos centenas de painéis criados em Belo Horizonte por Ricardo Ferreira Pimenta Júnior, de 35 anos, estão no Padre Eustáquio, onde ele mora, e nos bairros vizinhos Carlos Prates e Caiçara. Continue reading

Conhece a feirinha do Padreco?

É com boa prosa e um sorriso que Hélio Leite, de 64 anos, mostra o bonito artesanato em madeira e azulejo na praça dos Sagrados Corações, onde ocorre, nas manhãs de domingos, a feirinha do bairro Padre Eustáquio. Continue reading

Bora lá? Ressaca de carnaval para pet

Você já pode preparar a fantasia do seu animalzinho de estimação. A sétima edição da Acão Solidária Nikita Pet premiará as três mais criativas na manhã do último domingo de fevereiro, dia 25. “O primeiro lugar levará R$ 100. O segundo, uma cesta com produtos da Pet Society. O terceiro, um pacote de ração de 3 quilos da Quatre”, adiantou Giselle Ribeiro, uma das organizadoras. Continue reading

Drone: veja o que pode e o que não é permitido

A proliferação de drones no céu de todo o Brasil deixa claro que o equipamento se tornou excelente oportunidade de renda, abrindo caminho para um leque de imagens fantásticas a um custo bem menor do que vídeos e cliques feitos dentro de aviões ou helicópteros. Continue reading

Minicurso de prevenção ao suicídio

O ano começou e a necessidade de atualizarmos nossos conhecimentos veio junto. Iniciamos  em  setembro de 2016   uma série de encontros entre profissionais e estudantes, em sua maioria da saúde, para aprofundarmos um pouco   mais as questões acerca da prevenção do suicídio, levando em consideração informações e recomendações de
grandes especialistas no tema. Continue reading

A loira do Bonfim – uma lenda urbana

Toda cidade que se preze tem ao menos uma lenda urbana. Em Belo Horizonte não poderia ser diferente. Roubo esta lenda do nosso bairro coirmão, o Bonfim, contíguo ao Carlos Prates e separado geograficamente apenas pela avenida Pedro II. Continue reading

A noite em que taxistas salvaram JK

Meus avós, seu Pepe e dona Stella, vieram de navio da Itália para o Brasil, como muitos. Meu avô, pedreiro de ofício, trabalhou na construção dos prédios na Praça da Liberdade e, depois, na da própria casa, aqui no Carlos Prates. Então eu cresci ouvindo muitas histórias aqui da região e uma delas, que se passou no então aeroclube do Carlos Prates, teve como protagonista o presidente Juscelino Kubitscheck (1902-1976), também conhecido como JK.

Continue reading

Primeiro gol de Reinaldo entre os profissionais do Galo completa 45 anos

O primeiro gol do maior artilheiro do Clube Atlético Mineiro completa 45 anos em 2018. Foi em 4 de fevereiro de 1973 que José Reinaldo de Lima começou a balançar as redes com a camisa dos profissionais, no empate em 2 a 2 com a Caldense. Em 475 partidas, anotou 255 tentos – a estatística não inclui os gols nas categorias de base. Continue reading

Grupo Gente Feliz com novas parcerias para 2018

Queridos amigos e parceiros do Grupo Gente Feliz, agradecemos imensamente as parcerias deste ano e anuncio as novas parcerias para 2018. Continue reading

Site que conquistou moradores da região ganhará versão impressa

Boa notícia: o site www.jornaldopadreeustaquio.com.br ganhará versão impressa recheada com notícias exclusivas sobre os bairros Padre Eustáquio, Carlos Prates, Caiçara, Minas Brasil e Coração Eucarístico. Para comemorar a novidade, a primeira edição reserva um presente imperdível aos comerciantes e prestadores de serviços: anúncio por APENAS R$ 50. Mande-nos um Zap (98477-7179), email (noticiasdope@gmail.com) ou mensagem em nossas redes sociais: pelo Facebook (clique aqui) ou Instagram (Jornal do Padre Eustáquio). Continue reading

Teatro e espaço multiuso serão inaugurados no Padre Eustáquio

Exclusivo: teatro fechado em 2009 no Padre Eustáquio reabrirá as portas, em janeiro de 2018, com capacidade para mais de 400 pessoas e contará com espaço multiuso e museu em homenagem à memória do beato que emprestou o nome religioso ao bairro. Continue reading

Os balões encantados de Natal!

Os balões encantados de Natal!

Sílvia Prata Moreira é graduada em artes plásticas, com mestrado em novas tecnologias. Professora de dança em projeto social para a terceira idade

Querido (a) amigo (a): no mês de dezembro, teremos na coluna “Uma conversa com Sílvia Prata”, do site Jornal do Padre Eustáquio, crônicas sobre histórias de Natal. O texto de hoje é da minha amiga Maria Cleuza Tuler. Continue reading

Papai Noel existe!

Papai Noel existe!

Querido (a) amigo (a): no mês de dezembro, teremos na coluna “Uma conversa com Sílvia Prata”, do site Jornal do Padre Eustáquio, crônicas sobre histórias de Natal. O texto de hoje é da minha amiga Patrícia Cristina Ferreira. Continue reading

O que é ser feliz?

O que é ser feliz?

(por Viviane Meyerewicz) – 

Muitas pessoas acreditam que a felicidade está na busca de um relacionamento amoroso. Outras acreditam que para ser feliz é preciso ter bens materiais, estudo, amigos e relacionamentos saudáveis. Continue reading

Caminhada pela paz, segurança e justiça

A fina chuva sobre o Padre Eustáquio na noite de sábado (16) não foi por acaso. Para parentes e amigos de Ramon Santana, vítima de cinco tiros na cabeça disparados no domingo anterior por um cabo da Polícia Militar que estava de folga, a garoa era uma espécie de lágrimas de quem já está no céu. Continue reading

Anjos protetores

Há anjos que não têm asas. São de carne e osso mesmo. E protegem, principalmente, animais. Há vários deles na região do Padre Eustáquio. Tratam-se dos protetores de cães, gatos, aves e outros bichinhos de estimação que, por algum motivo, se perderam dos donos ou foram – acreditem – abandonados. Continue reading

Presentes para o Padreco nos 120 anos de BH

Dentro das comemorações dos 120 anos de Belo Horizonte, o Padre Eustáquio ganhou, nesta terça-feira (12/12), importantes presentes para aliviar um imenso gargalo no trânsito do bairro. Entraram em operação os semáforos nos cruzamentos das ruas Jacutinga e Vila Rica. Continue reading